Perguntas Frequentes

Qual a diferença entre um Psicólogo e um Psiquiatra?


O Psicólogo, é formado em Psicologia, procura delinear, em conjunto com o cliente, um plano terapêutico com recurso a técnicas e estratégias que permitam reestruturar a sua forma de pensar, sentir e comportar de forma a aumentar o bem-estar.

O Psiquiatra, formado em Medicina, tem competência para prescrever medicação e avalia o cliente numa ótica médica.

Frequentemente, a complementaridade de intervenções é importante, uma vez que as técnicas utilizadas são distintas, mas ambas as intervenções visam a diminuição do sofrimento psicológico.




Como funciona uma primeira consulta com um Psicólogo Clínico?


Numa primeira sessão, o Psicólogo procura promover um espaço de empatia, compaixão e segurança criando uma aliança terapêutica, sendo o início de um trabalho colaborativo, entre Psicólogo e Cliente.

Através da entrevista clínica, o psicólogo busca os motivos para a procura de apoio, ganhando uma perspetiva geral dos principais aspetos que beneficiam ser trabalhados.

São indicadas as condições de funcionamento do processo psicoterapêutico (acordo terapêutico).

Nesta primeira sessão, inicia-se a definição de objetivos terapêuticos, que serão posteriormente melhor operacionalizados numa segunda sessão.




Quanto tempo dura um processo psicoterapêutico?


A duração de um processo psicoterapêutico, pela sua especificidade, é variável. Depende de diversos fatores como: objetivos delineados; característica da situação a trabalhar, perfil do cliente.




Tudo o que conto ao Psicólogo é confidencial?


“Os/as psicólogos/as têm a obrigação de assegurar a manutenção da privacidade e confidencialidade de toda a informação a respeito do seu cliente, obtida direta ou indiretamente, incluindo a existência da própria relação, e de conhecer as situações específicas em que a confidencialidade apresenta algumas limitações éticas ou legais. A não manutenção da confidencialidade pode justificar-se sempre que se considere existir uma situação de perigo para o cliente ou para terceiros que possa ameaçar de uma forma grave a sua integridade física ou psíquica.”




Como escolher o Coach indicado para mim?


É importante em primeiro lugar debruçar a sua escolha num Coach acreditado, ou seja, que tenha Certificação Internacional em Coaching acreditada pela Association for Coaching (AC) ou pela International Coaching Federation (ICF). Não é uma certificação introdutória ao Coaching, mas sim um curso que certifica no final como Coach Profissional. Ambas as associações (quer a ICF, quer a AC) têm o mesmo propósito de defender e promover as boas práticas de Coaching no mundo, assim como estabelecer um Código de Ética para a prática do Coach Profissional.

Pode ainda, explorar um pouco o percurso profissional para o apoiar na sua decisão.





Seguir no Instagram

+351 964 238 128

 

info@carolinaferreira.com 

Rua de São Gonçalo, 55 Fração A 9500-297 Ponta Delgada

© 2020 by Carolina Ferreira. Proudly created by JL & Company.