Dê um Boost na sua Auto-confiança

Sempre que se confronta com um grande desafio, em que exista uma hipótese de falhanço à espreita, provavelmente ouve o mesmo conselho: “Sê mais confiante!“ E o mais provável é pensar isto sempre que o ouve: “Tomara que fosse assim tão simples.”


Mas o que é a CONFIANÇA?

Agarre a crença de que você tem valor, que é interessante e capaz, (também conhecida como auto estima), junte o otimismo que surge quando está certo das suas capacidades, e depois empoderado por isso, age corajosamente e enfrenta o desafio de cabeça erguida.



Isto é confiança. Transforma Pensamento em Ação.


Então de onde vem a confiança?


Há vários fatores que têm impacto na confiança:

a) - Aquilo com que nasce, tal como os seus genes, que vão exercer impacto em coisas como o equilíbrio neuroquímico no seu cérebro;

b) A forma como você é tratado. Isto inclui as pressões sociais e ambientais;

c) A parte sobre a qual tem controlo, as decisões que toma, os riscos que corre, e como pensa e responde aos desafios e falhanços;


Não é possível desentrelaçar completamente estes 3 fatores, mas as escolhas pessoais que fazemos certamente que têm um maior peso no desenvolvimento da confiança.


Portanto tendo em mente algumas dicas práticas, temos o poder de cultivar a nossa própria autoconfiança.


1 – Boost de Confiança - Experimente uma correção rápida

Há alguns truques que podem aumentar rapidamente a confiança a curto prazo.

- Visualize o seu sucesso quando está a começar uma tarefa difícil;

- Algo tão simples como ouvir música com um ritmo animador pode promover sentimentos de poder;

- Pode mesmo fazer um discurso de encorajamento para si;


2 - Acredite na sua capacidade de melhorar

Se procura uma mudança a longo prazo, avalie a forma como pensa nas suas capacidades e talentos. Acha que são determinadas ao Nascimento, tal como a cor dos olhos e do cabelo? ou podem ser desenvolvidos como um músculo? Estas crenças têm importância porque podem influenciar a sua forma de agir quando está perante desafios.

Se tiver um mindset rígido e fechado, ou seja, se pensar que os seus talentos têm limites, pode facilmente desistir por acreditar que descobriu algo em que não é lá muito bom. Mas se tiver um mindset de crescimento, e achar que as suas competências e habilidades podem melhorar, um desafio será uma oportunidade para aprender e crescer.

A neurociência apoia um mindset de crescimento, as ligações no seu cérebro ficam mais fortes e crescem com estudo e prática. Acontece também que em média as pessoas que têm um mindset de crescimento são mais bem sucedidas, tiram melhores notas e têm um melhor desempenho quando são confrontadas com desafios.


3 - Pratique o falhanço

Reconheça que vai falhar algumas vezes. Toda a gente falha. Estudos mostram que aqueles que falham regularmente e continuam a tentar, estão melhor equipados para responderem a desafios e a obstáculos de uma forma construtiva . Eles aprendem como tentar estratégias diferentes, pedir conselhos a outros, e perseverar.


Pense num desafio que queira vencer, compreenda que não vai ser fácil, aceite o facto de que cometerá erros, e seja compassivo consigo quando isso acontecer.

Faça a si próprio um discurso de encorajamento, levante-se erga a cabeça e atire-se em frente.

Será entusiasmante saber que no fim, seja qual for o resultado, terá adquirido um maior conhecimento e entendimento.

Isto é confiança!!!